Mais um comercial da Rimmel London estrelando Rita Ora foi divulgado. Dessa vez a cantora apresenta a nova linha de delineadores da marca, com um visual glamouroso e impactante. Rita já colabora há mais de 4 anos com a marca, numa relação que já rendeu dezenas de campanhas publicitárias. Somente esse ano já é a terceira para a marca e mais virão no futuro. Assista abaixo o novo comercial:

Publicado em 26 de agosto de 2017 às 19:02
Categorizado em: Campanha

A cantora e fashionista britânica Rita Ora juntou-se ao Tamron Hall do “Today Show” no último dia 7 de dezembro, para falar sobre seu papel como a nova anfitriã do “America’s Next Top Model“. Na tenra idade de 26 anos, Ora está marcando o mundo da moda com sua própria linha de maquiagem e colaborações com a Adidas. Ela admite que tem enchido a Tyra Banks, ex apresentadora do “Top Model”, com muitas perguntas. Confira abaixo a entrevista completa (ainda sem legendas):

Fonte | Tradução: Gustavo Carvalho

Publicado em 11 de dezembro de 2016 às 17:44
Categorizado em: America's Next Top Model, Campanha, Entrevista, Notícias, TV & Rádio, Vídeo

Nós sabemos o que você está pensando: como alguém poderia substituir Tyra Banks como anfitriã do Next Top Model da América? E a verdade é que ninguém poderia. Mas se alguém pode intervir e assumir o programa em uma nova e excitante nova direção – que em sua própria maneira pode ser tão divertido de assistir como o seu antecessor – é Rita Ora.

A cantora, atriz, modelo e designer já fez uma carreira enorme para si mesma na idade madura de 26. Além de sua carreira musical, que já gerou quatro singles #1 no Reino Unido, ela apareceu em blockbusters como ‘Velozes e Furiosos 6’ e ‘Cinquenta Tons de Cinza’, além de colaborar em linhas de moda com marcas como Adidas e Rimmel.

Sentada em uma poltrona no Hotel Mercer na tarde da última quarta, usando um parka laranja gigante e brilhante com recortes arquitetônicos, Ora era a imagem de equilíbrio e glamour, mas ficamos mais impressionados com o quão quente e aberta ela era. Nós conversamos com a estrela sobre seu novo programa, suas aspirações de design de moda e por que não há homens nesta temporada.

OUT: Então você é a nova anfitriã do ‘America’s Next Top Model’.

Rita Ora: Eu sinto que não posso acreditar que estreará logo, para ser honesto. Nós filmamos isso em agosto. Foi incrível fazer parte disso – nunca me aproximei com a intenção de substituir Tyra. Nossa idéia foi reinventar o ANTM para 2016. É preciso lembrar muito hoje em dia. Então, levando isso em consideração, os produtores e Tyra e eu pensamos: ‘Bem, vamos fazer isso. Vamos procurar uma garota bonita chefe de moda que possa fazer uma campanha e ainda estar em um quarto e segurar a si mesma.’ Tyra tem sido muito útil, e ela realmente faz um breve aparição no começo, dizendo às meninas sobre o novo painel. Ela foi tão solidária.

Ela lhe deu algum conselho?

Perguntei-lhe: “Como diabos você diz adeus a essas garotas todas as semanas?” Porque eu comecei a realmente me apaixonar por elas e suas histórias. E Tyra disse: “Você tem que fazer isso. Um modelo para essas meninas. Você tem que dizer não com orgulho, e compaixão, e lembrá-las que é apenas mais um capítulo em seu livro.” Mas Deus, foi muito difícil.

Você era fã do programa antes que Tyra se aproximasse de você?

Sim, e eu era fã dos momentos icônicos. Houve vezes que eu tomava vinho com meus amigos e assistia no YouTube vídeos sobre momentos icônicos de Tyra.

Estávamos todos torcendo por você!

Isso, para mim, todo mundo se lembra disso. E isso aconteceu sem que ninguém pensasse nisso. E eu gostaria de dizer que há alguns momentos icônicos nesta temporada. Eu não posso esperar para que as pessoas vejam.

Você tem alguns momentos de Tiffany?

Você fica irritado. Você quer que essas garotas ganhem. Não é raiva delas, é: “Acorda! Uma vez fora daqui, o que vai fazer você ficar marcada, e não Gigi? Ou Bella, ou Karlie Kloss?”.

Como você está se sentindo sobre sua nova música?

Estou tão pronta para este álbum sair. Eu passei por muita coisa, musicalmente. Tudo o que eu estava tentando fazer de forma criativa estava ficando bloqueado na época, e foi muito difícil para eu me expressar. Houve um ponto em que eu realmente desisti e comecei a fazer outras coisas, o que é incrível – como moda e filmes, que eu não estou reclamando. Mas eu amo a música, e é a razão que eu comecei a entreter, em primeiro lugar. Agora eu tenho o meu segundo álbum saindo com a Atlantic Records, e eu estou tão orgulhoso dele. Eu escrevi cada música nele. É baseado em Londres. Vivemos produzido tudo. Instrumentos, a banda, uma orquestra completa.

O que te inspirou?

Realmente apenas o fato de que eu não poderia fazê-lo. Eu estava faminta, eu estava tipo, “Mas que porra? Por que não posso fazer isso? Eu tenho esses seguidores, e uma fã base incrível no Twitter e Instagram, e nada para lhes dizer, porque eu não queria entrar em toda esta coisa.” Eu só esperava que eles ficassem comigo. E eles ficaram. É uma coisa linda agora ser livre. Este álbum é sobre celebrar isso, e não pensar sobre o passado. Agora sou capaz de cantar minhas músicas e me vestir como eu queria em meus vídeos.

E você tem uma nova coleção com a Adidas?

Sim, minha quinta coleção com eles. Não posso acreditar. Eu assinei há quatro anos e meio. É hora de realmente levar a colaboração com a Adidas para outro reino. Eu realmente quero distribuir minha linha e fazer isso por conta própria. Adidas sempre vai me apoiar, nós tivemos muito sucesso um com o outro. Então, não é o fim. É apenas um novo capítulo. Eu nunca vou parar de colaborar. Mas é tudo sobre fazer isso sozinho, eu acho. Isso vai levar algum tempo. Olhe para Victoria Beckham. Ela estava em Spice Girls, e agora ela é uma designer incrível.

Quem são os ícones de estilo que você se inspira?

Minhas figuras são pessoas que tenham uma voz, não era sempre sobre como eles pareciam. Para mim, Tyra, obviamente, ter a iniciativa de criar uma marca e ser um chefe. Gaga, indo para a American Horror Story, eu realmente a amo. E Freddy Mercury. Essas pessoas criaram momentos, não apenas por causa do quão loucos eles se vestem, mas porque estavam realmente comprometidos com eles mesmos. Madonna, obviamente sendo uma. Essas pessoas são incríveis de ver – não apenas pelo que fizeram pela comunidade gay, mas por pessoas que querem ser criativas e francas.

Os jurados do Top Model são ótimos. Ashley Graham …

Ela é ótima. Ela é alguém que não conseguiu o respeito que ela merece. Ela teve uma grande história de seu catálogo modelando dias para estar na capa do Sports Illustrated. É uma transição tão boa. Eu sinto que este programa realmente vai fazer as pessoas entenderem não só a sua luta, e o que ela tinha que fazer para chegar lá, mas também inspirar os concorrentes – é “tudo bem” ser negado. Ela sabe mais do que ninguém como é receber um “não”. As pessoas me disseram isso o tempo todo, mesmo quando: “Você é grande demais para estar em campanhas.” Então eu posso imaginar pelo que Ashley passa. Não só isso, mas eu também achava que ela era realmente uma boa juíza para manter as meninas em cheque quando elas se sentirem como “Eu sou muito gorda.” Todos têm inseguranças, e ela é uma pessoa muito boa, sólida para ouvir nesse departamento.

Existe alguma coisa que você aprendeu com as competidoras que você não estava esperando?

A fome de tudo. Você nunca sabe o quanto alguém quer até que eles realmente querem. Você vê coisas… Você faz coisas que você nem se reconhece fazendo quando realmente quer algo. Acho que essas garotas estão realmente lutando por suas vidas neste programa. Eu não percebi antes de eu estar nele. Você vê o que acontece na casa, você vê como eles são… Tudo é real. Eu acho que as pessoas esquecem quando é na TV, eles acham que não é real. Mas isso é.

Por que nenhum homem?

Porque nos “ANTMs” originais no início, que é o que eu olhei antes de iniciar este programa, eram apenas meninas. Eu queria voltar para como era quando começou. Isso não significa que vai ser assim para sempre. Mas para a primeira nova marca do programa, queríamos voltar ao básico, e eram meninas. Então eu pensei: “Vamos começar assim, ver o que acontece, ver como ele se eleva.”

Americas Next Top Model’ retorna no VH1 dia 12 de dezembro às 10:00 PM EST. (00:00h horário de Brasília)

Fonte | Tradução: Gustavo Carvalho

Publicado em 11 de dezembro de 2016 às 17:15
Categorizado em: Adidas, America's Next Top Model, Campanha, Entrevista, Revistas

A indústria da música em si anda um pouco desequilibrada e, principalmente os musicistas ingleses, podem enfrentar ano que vem alguns cortes nos serviços de música da BBC. Lutando contra esses possíveis cortes, alguns dos maiores nomes da indústria musical do Reino Unido, incluindo Paul McCartney, Coldplay, Sam Smith e Rita Ora estão fazendo uma campanha para ajudar os serviços de música da BBC de serem protegidos de possíveis cortes.

Destaques da indústria musical da Inglaterra vão lançar oficialmente na próxima semana essa campanha no parlamento inglês sob o slogan #LetItBeeb, que contará com EP’s gravados pelos principais artistas ingleses. A campanha está sendo apoiada por figuras em toda a indústria da música, incluindo grandes empresas como a Sony e a Universal Music. O projeto está será lançado oficialmente na “House of Commons ” na segunda-feira, organizada pelo All Party Parliamentary group on music, com participantes esperados como o diretor geral da BBC, Tony Hall e diretor de música Bob Shennan.

Publicado em 9 de outubro de 2015 às 15:07
Categorizado em: Campanha, Notícias

Rita Ora juntamente com os técnicos do The Voice UK, estão participando da campanha Red Nose Day. A campanha consiste em arrecadar fundos para a organização britânica de caridade, que utiliza o riso para combater a miséria.

Confira o vídeo de divulgação e também uma foto.

001

Publicado em 11 de Março de 2015 às 23:56
Categorizado em: Campanha, Fotos, Vídeo