A cantora disse à Vanity Fair sobre algumas tendências a serem observadas no recentemente remodelado “America’s Next Top Model“, da VH1.

“America’s Next Top Model” está de volta – mas há uma nova Tyra no comando. A cantora e atriz britânica Rita Ora é agora a anfitriã do reality da VH1, que terá estreia nesta segunda-feira às 10 da noite. Vanity Fair obteve alguns detalhes sobre o que esperar de Ora na festa de lançamento da “Grey Goose Vodka’s Le Marché Bleu shopping experience”. A nova anfitriã sabe que tem espaços grandes para preencher – e que o “smize”, a.k.a. sorrindo com os olhos, pertence a Tyra Banks, que apresentou a primeira versão da série por 22 temporadas. Então, qual será seu conselho para um novo grupo de modelos?

Eu nunca disse a palavra (boss)’chefe’ tantas vezes num espaço de seis semanas“, admitiu Ora. “Para mim, é mais uma atitude do que uma palavra. É muito importante para elas ter uma pele grossa. Queremos que essas garotas sejam realmente ameaças às atuais superestrelas de hoje, então realmente as colocamos em prática”.

Esta frase não é uma que Ora usa de forma ligeira; Há um significado atrás de seu conselho. “A palavra “boss” para mim, realmente, é apenas sobre alguém que está apenas no controle de seu destino e sua carreira“, observou ela.

Ora, que está participando do programa depois que ele foi cancelado originalmente no CW em 2015, disse que se sente feliz por ser anfitriã de um novo Top Model. Ela acrescentou que, como refugiada do Kosovo, cresceu no oeste de Londres, ela pode trazer uma nova visão particular para o show.

Eu cresci em um mercado, você sabe o que eu quero dizer?” Ora disse. “Mas eu amo a moda, eu amo o fato de que eu sou uma refugiada que foi para Londres e que tem uma história, e eu acho que o painel também tem uma história. E é isso que torna este reality autêntico e real, e as garotas – acreditem em mim – têm grandes histórias.

Fonte | Tradução: Gustavo Carvalho