Em uma entrevista exclusiva com o The Independent, Rita Ora revelou que ela gosta de moda tanto quanto ela gosta de cantar.

Na semana passada, a cantora de “I Will Never Let You Down” foi apresentada como o novo ícone da Coca-Cola, na abertura de um bar em Soho, Londres, para celebrar o 100º aniversário da garrafa da bebida. Lá, usando um vestido vermelho por Sorapol, completando com saltos Sophia Webster decorados com garrafas de Coca-Cola, Ora revelou que ela não seria capaz de escolher apenas uma vocação se ela tivesse que fazer.

“Eu gosto de moda tanto quanto eu gosto de cantar… Eu acho que não consigo escolher um ou outro. Você não tem que escolher se você pode fazer as duas coisas. É apenas sobre como você faz e tem certeza de que faz bem”, ela disse ao The Independent.

“Eu gosto de me entregar, porque eu gosto de trabalhar. Eu realmente quero”.

A cantora nascida em Kosovo acredita que a combinação de moda e música “é poderosa como jamais foi”.

“Você vê as pop stars e músicos que enfrentam campanhas hoje em dia. Eu incluída. Nós todos temos que trabalhar juntos”, acrescentou.

Ora, que revelou que ela tem “cerca de 24 tatuagens”, é a cara do outono/inverno da campanha 2014 de Roberto Cavalli, no qual ela canalizou sua ícone favorito, Marilyn Monroe, com a assinatura de platina e cachos loiros. Ela então lançou uma colaboração com a Adidas, liderada por ela também. Ela também fez uma participação especial no filme Cinquenta Tons de Cinza e foi confirmado para a sequência.

Ora desenvolveu um estilo de assinatura durante seu tempo no centro das atenções, incluindo crucialmente no tapete vermelho; no início deste ano ela se apresentou na cerimônia do Oscar, na qual ela usava um vestido monocromático feito por encomenda por Vera Wang.

Sua marca registrada as ondas louras e lábios vermelhos provaram seu talento pela moda, e agora, graças à sua coleção gigante com a Adidas no ano passado, ela adicionou um estilista para ela, cada vez com maior conjunto de habilidades. E, enquanto alguns acreditam que ela pode ser perigosa para entrar em tantas áreas diferentes, ela explica que é como o mundo funciona hoje.

“Acho que estamos em uma nova geração … Nós temos que acompanhar a Internet, e se não fizermos isso, alguém o fará”, explicou ela.

“Eu gosto de apoiar coisas que eu amo. Se eu conseguir algo aproximado para mim [como a Coca-Cola], eu vou fazer e dizer ‘sim, eu amo Coca-Cola e eu tenho bebido sabe lá Deus desde quando”…Eu coloco o meu nome é por uma razão”.

Com a companheira pop-star Rihanna se tornando a primeira estrela negra à frente de uma campanha Dior o mundo da moda está cada vez mais abraçando a diversidade em termos de cor da pele e tamanho, Ora pensa “É ótimo que a moda está tendo sua própria direção… É um mundo tão incrível e só está ficando maior”.

O estilo de Ora, que ela descreve como “inesperado, espontâneo e atrevido”, varia bastante. Vimos muitas vezes vê-la trocar seus lábios vermelhos ousados para outra tonalidade, e seus cabelos longos platinados para um corte pixie. Mas ela disse ao The Independent que o olhar que ela mais gosta é “quando eu estou com o meu próprio pijama… Brincadeirinha, mas, sim, quando eu estou confortável em casa é o look que ninguém entenderia”.

Fonte: The Independent
Tradução e Adaptação: Portalritaora.com.br